Weightless

quarta-feira, 20 de março de 2013

Beatles Forever!!!




Dando sequência na matéria dessa Banda Fantástica, estarei falando sobre o primeiro compacto gravado por eles.

Em 1962 foi gravado na EMI o primeiro compacto dos Beatles contendo "Love me Do" e "P.S. I Love You". Segundo boattos nunca confirmados, o próprio Brian Epstein teria comprado  dez mil cópias do disco, colocando a banda imediatamente no topo das paradas, de onde não sairia mais nos próximos anos.
O Brian investiu, e acreditou no potencial deles, que visão heim!!!
Abaixo a foto do 1º compacto:


Poucos meses depois foi lançado o disco "Please Please Me" e os compactos de "From Me To You", "She Loves You" e "I Wanna Hold Your Hand", todos sucesso absoluto. Mais tarde saiu o disco "With The Beatles", que consegue um sucesso ainda maior que o anterior.



Apesar do sucesso absoluto na Inglaterra e Europa, os Estados Unidos, grande mercado e a nação que definia o mercado mundial de música, se negava a aceitar os Beatles.
Mais uma vez coube a Brian Epstein mudar a situação agendando uma apresentação dos Beatles no maior programa de televisão americano.

Na chegada da banda aos Estados Unidos os repórteres foram surpreendidos pelo bom humor e inteligência dos rapazes.
A América notou que havia naquela banda estranha de garotos cabeludos algo que faltava aos artistas americanos.

A apresentação no programa de Ed Sullivan foi um sucesso e o single de "I Wanna Hold Your Hand" subiu imediatamente ao topo da parada americana.




Foi lançado então o disco "Introducing the Beatles", na realidade uma compilação de "Please Please Me" e "With the Beatles".

Teve início a beatlemania, registrada no filme "A Hard Day's Night", que documentava um dia na vida dos Beatles. e que foi acompanhado pela trilha sonora de mesmo nome.
Mais do que discos a banda vendia todos os tipos de material publicitário e artefatos.
Aproveitando a repercussão da turnê nos Estados Unidos foi lançado às pressas o álbum "Beatles For Sale".
      

Assista no link abaixo o Trailer do Filme A Hard Days Night:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=q0eJEX5c1sM

Em 1965 foi lançado o LP "Help!" e o filme de mesmo nome, desta vez uma sátira musical aos filmes de espionagem.
O disco registrava o momento de pressão por que passava a banda, tocando, compondo e gravando exaustivamente para atender aos fãs e à gravadora.

Abaixo, o link da música Help, sensacional:

http://www.youtube.com/watch?v=TU7JjJJZi1Q&feature=player_detailpage

A banda, principalmente Lennon, aumentou a sua experimentação com drogas.
Então o que aconteceu?
A monarquia inglesa decidiu conceder à banda condecorações de mérito em virtude de serem os Beatles grandes exportadores e geradores de divisas para o país.

A evolução musical e amadurecimento da banda se refletiram no disco "Rubber Soul" lançado no final de 1965.
As músicas bobas da fase inicial haviam dado lugar a arranjos complexos, instrumentos exóticos, experimentação no estúdio e letras elaboradas.
Pela primeira vez o rock era encarado com seriedade e deixava de ser apenas uma forma de diversão.
 
A influência de drogas alucinógenas na inspiração das músicas ficaria mais clara ainda com o lançamento de "Revolver".
Na época uma declaração descuidada de John de que "os beatles são mais famosos que Cristo" gera uma onda de protestos em todo o mundo.
A banda resolve deixar de fazer shows ao vivo em virtude de ser praticamente impossível repetir no palco os resultados de estúdio.
A beatlemania havia acabado e os Beatles eram agora mensageiros do inconformismo da juventude.

A banda decidiu então marcar sua passagem pelo mundo da música com um disco definitivo.
A idéia inicial era gravar um álbum duplo totalmente diferente nos mínimos detalhes de tudo o que já houvesse sido feito.

O resultado saiu em 1967 na forma do álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band".
O disco disputa com Piper at gates of Dawn, do Pink Floyd, o mérito de ter sido o marco inicial do rock progressivo.
Sucesso absoluto de público e crítica.


A banda partiu juntamente com um grupo de amigos para um retiro promovido pelo líder espiritual oriental conhecido como Maharishi.
Lá receberam com surpresa e pesar a notícia de que o empresário Brian Epstein havia morrido de uma overdose de calmantes.
   
Os Beatles voltaram à Inglaterra para tentar reorganizar seus negócios sem a ajuda do empresário. Brian Epstein era o responsável por toda a organização financeira e logística da banda, que tentou prosseguir sem ele criando a gravadora Apple.

Devido à má administração a gravadora estava afogada em dívidas dentro de pouco tempo.
Os problemas financeiros viriam a piorar o relacionamento entre os membros do grupo.
Gravaram então o filme "Magical Mistery Tour".
Partindo apenas da idéia de filmar uma viagem, sem roteiros pré-definidos, o filme se transformou no maior fiasco da história dos Beatles, ignorado pelo público e esmagado pela crítica.

Após o lançamento do filme e da trilha sonora os Beatles partiram para uma viagem à Índia acompanhados de um grupo de amigos para um encontro com o Maharishi.
A banda voltaria poucos dias depois desiludida com o guru que mostrou não seguir seus próprios ensinamentos e tentou seduzir uma das mulheres que faziam parte do grupo.

A banda reconquistou o agrado do público e crítica com o lançamento de "Hey Jude", uma música que tinha todos os motivos para ser rejeitada pelas rádios em virtude de seus mais de sete minutos de duração mas que se tornou um dos maiores sucessos dos Beatles.

Abaixo o link do vídeo fantástico de Hey Jude:
 http://www.youtube.com/watch?v=wM0IDLAntVM&feature=player_detailpage

Porém nem tudo estava bem. O clima pesado nas gravações do "White Album" levariam mesmo Ringo a abandonar a banda durante alguns dias.
A situação ficou mais delicada quando John Lennon passou a insistir que sua nova namorada, Yoko Ono, participasse das gravações.


Apesar do sucesso alcançado pelo álbum branco os Beatles estavam com uma situação financeira pior a cada dia.
Em 1968, para cumprir contratos que prometiam um novo filme longa metragem, contrataram a criação de um desenho animado. O resultado foi o excelente "Yellow Submarine".
A trilha sonora do filme contava com composições dos Beatles e instrumentais criados pelo produtor George Martin.

Numa tentativa de retomada da espontaneidade e energia do início da carreira Paul McCartney criou o projeto "Get Back", que deveria ser composto de um filme e um disco de rock and roll, gravados sem truques de estúdio.
Após as tomadas iniciais as divergências entre os membros da banda levaram ao abandono do projeto que mais tarde seria aproveitado no lançamento do disco "Let It Be".

Em 1969, em meio a um momento de trégua dentro da banda e com os problemas financeiros praticamente resolvidos foi gravado o excepcional "Abbey Road".


Enquanto todo o mundo aceitava o disco como uma prova definitiva de que os Beatles estavam novamente juntos e durariam para sempre John Lennon e Paul McCartney preparavam seus discos solos.

Com o comunicado oficial do fim da banda em 10 de Abril de 1970 a gravadora terminou a mixagem do material gravado do projeto Get back e lançou o disco "Let it Be".

Desde então os apreciadores da banda passaram a fomentar uma nova reunião que só viria a ser descartada de vez com a morte de John Lennon em 1980.

Sobre Lennon, ele será a nossa personalidade na próxima matéria, até lá!!!


Beatles!!!



sexta-feira, 15 de março de 2013

Sempre Tim!!!



 
Sebastião Rodrigues Maia nasceu no Rio de Janeiro RJ em 28 de Setembro de 1942.
Portanto, se estivesse vivo, completaria 70 anos de história!
Penúltimo de 19 irmãos, aos oito anos já compunha suas primeiras musicas.
Aos 14 anos, formou seu primeiro conjunto musical, Os Tijucanos do Ritmo, no qual tocava bateria, e que durou apenas um ano.
Começou a estudar violão num curso particular, e formou em 1957 o conjunto Os Sputniks, que tinha também entre seus integrantes Erasmo Carlos e Roberto Carlos, tendo sido professor de violão de ambos.
Em 1959, antes de completar 17 anos, com a morte do pai, foi para os EUA, onde fez cursos de inglês e iniciou carreira como vocalista, participando de um conjunto chamado The Ideals.
Permaneceu nos EUA ate 1963, quando foi preso por portar maconha. Após seis meses de prisão e dois meses de espera, foi deportado para o Brasil.
Seu primeiro trabalho solo foi um compacto pela CBS em 1968, que trazia as musicas Meu pais e Sentimento (ambas de sua auto- ria, como todas as musicas sem indicação de autor).
Sua carreira no Brasil fortaleceu-se a partir de 1969, quando gravou um compacto simples pela Fermata com These are the Songs (regravada no ano seguinte por Elis Regina em duo com ele, e incluída no LP Em pleno verão, de Elis) e What You Want to Bet.
Em 1970 gravou seu primeiro LP, Tim Maia, na Polygram, que permaneceu em primeiro lugar no Rio de Janeiro por 24 semanas.
Os principais sucessos desse disco foram Coronel Antônio Bento (Luís Wanderley e João do Vale),Primavera (Cassiano) e Azul da cor do mar.
Nos três anos seguintes, pela mesma gravadora, lançou os discos Tim Maia volume II (com Não quero dinheiro (Só quero amar)), Tim Maia volume III e Tim Maia volume IV, no qual se destacaram Gostava tanto de você (Edson Trindade) e Réu confesso.
Em 1975 gravou os LPs Tim Maia racional vol. 1 e vol. 2.
Em 1978 gravou para a Warner Tim Maia Disco Club, com um de seus maiores sucessos, Sossego.
 book5-3

Lançou em 1983 o LP Descobridor dos sete mares, com destaque para a música-titulo e Me de motivo (Sullivan e Massadas).
Outro disco importante da década de 1980 foi Tim Maia (1986), que trazia Do Leme ao Pontal.
Artista com histórico de problemas com as gravadoras, na década de 1970 fundou seu próprio selo, primeiramente Seroma e depois Vitória Regia.
Por ele, lançou em 1990 Tim Maia interpreta clássicos da bossa nova, e mais tarde Voltou a clarear e Nova era glacial.
Em 1993, dois acontecimentos reimpulsionaram sua carreira: a citação feita por Jorge Ben Jor em sua musica W/Brasil e uma regravação que fez de Como uma onda (Lulu Santos e Nelson Mota) para um comercial de televisão, de grande sucesso e incluída no CD Tim Maia, do mesmo ano.
Assim, aumentou muito sua produtividade nesta década, gravando mais de um disco por ano com grande versatilidade: seu repertório passou a abranger bossa nova, canções românticas, funks esouls. Também teve muitas de suas musicas regravadas por artistas jovens, como Paralamas do Sucesso, Marisa Monte e Skank.

Em 1996 lançou dois CDs ao mesmo tempo: Amigo do rei, juntamente com Os Cariocas, e What a Wonderful World, com recriações de standards do soul e do pop norte-americanos dos anos de 1950 a 1970. Em 1997 lançou mais três CDs, perfazendo 32 discos em 28 anos de carreira.

Durante a gravação de um show para a TV sentiu-se mal, vindo a falecer em 15 de Março de 1998 em Niterói, após internação hospitalar em razão de infecção generalizada.

   
Em vida

Póstumos

Álbuns ao vivo

Em vida

Póstumos



Compactos Simples

  • 1968 - Meu País / Sentimento
  • 1969 - These Are the Songs / What Do You Want to Bet
  • 1970 - Jurema / Primavera (Vai Chuva)
  • 1971 - Chocolate / Paz
  • 1976 - Ela Partiu / Meus Inimigos
  • 1978 - Sossego / A Fim de Voltar
  • 1978 - Acenda o Farol / Vitória Régia Estou contigo e não Abro
  • 1980 - Nosso Adeus / Tudo Vai Mudar
  • 1981 - Vê se Decide / Você É a Estrela do meu Show
  • 1982 - Amiga / Do Leme ao Pontal
  • 1983 - Vale Tudo / Quero Ver Você Dançar
  • 1984 - Bons Momentos / Bons Momentos
  • 1984 - Sufocante / Sufocante
  • 1984 - Leva / Leva
  • 1985 - Bem-Vinda / Bem-Vinda
  • 1986 - Uma Estrela a Mais / Uma Estrela a Mais
  • 1986 - Telefone / Telefone
  • 1986 - Pudera / Do Leme ao Pontal
  • 1987 - Onde Está Você / Onde Está Você
  • 1987 - Vê se Decide / Brilho
  • 1988 - Carinhos / Carinhos
  • 1988 - Amigo Verdadeiro / Somos América
  • 1989 - Rodesia (Zimbabwe) / Acenda o Farol

Duplos

  • 1970 - Azul da Cor do MarCoroné Antonio BentoRisos, e Primavera (Vai Chuva)
  • 1972 - VocêNão Quero Dinheiro (Só Quero Amar)A Festa do Santo Reis e Salve Nossa Senhora
  • 1973 - Réu ConfessoDo Your Thing Behave YourselfGostava Tanto de Você e Compadre
  • 1976 - Brasil RacionalDo Nada ao TudoMinha Felicidade Racional e O Grão Mestre Varonil
  • 1979 - Lábios de MelVou com GásReencontro e Foi para o seu Bem
  • 1984 - Me Dê MotivoOlá (Emoções)Neves e Parques e O Descobridor dos Sete Mares
  • 1993 - Não Quero Dinheiro

Coletâneas

Participações




quarta-feira, 13 de março de 2013

Chico Science!!!


                                               
                                                


Nasceu no dia 13 de março de 1966, na cidade do Recife, caçula de uma família de quatro filhos, Francisco de Assis França, o popular Chico Scienceo pai seu Francisco, exercia a função de enfermeiro, mas tarde de líder comunitário, e posteriormente na década de 80, vereador da cidade de Olinda.

Morava em Rio Doce um bairro subúrbio de Olinda, e faziam coisas típicas das crianças daquele tempo, em que a violência era pequena para os dias atuais, brincadeiras como se esconder, futebol, bola de gude, pião e as vezes uma fugida rápida ate o manguezal para pegar caranguejos e depois aproveitar o banho de maré, sem que os pais percebesse.
Foi uma criança como qualquer outra criada em bairro pobre, de família.


Francisco de Assis França o Chico como era conhecido pelos colegas do bairro, na adolescência levou a vida como ela era, uma vida modesta, mais prazerosa, por sinal, e a visitar o mangue para pegar alguns caranguejos e com a venda dos mesmos, conseguia dinheiro para frequentar os bailes funk, que existia nos clubes Ferroviário e Rodoviário, nos fins de semana, junto com os amigos do bairro em que morava, sem que os pais soubessem, pois sua mãe dizia que todo baile terminava sempre na pancadaria, e que esse tipo de ambiente não prestava para um garoto de 14 anos.


Foi influenciado musicalmente, ouvindo de tudo um pouco, principalmente as musicas dos botecos.
As musicas frenéticas do carnaval, do acorda povo em que seu pai fazia na época das festas juninas, pastoril, coco, ciranda, cavalo marinho, maracatu de baque solto e virado, caboclinho, rap, musica negra americana que retratava
da discriminação racial, a verdadeira poesia urbana.

Sua primeira banda surgiu em 1987, o Orla Orbe, onde a maioria das bandas do grande Recife se apresentavam no espaço arte viva em boa viagem. 
Em 1989, Chico,Lucio Maia, Alexandre, e Vinicius Enter formavam o Loustal, em homenagem ao quadrinista Francês Jaques Loustal, também autor de varias capas de álbuns de bandas de rock. 

Chico e seus malungos costumavam se encontrar no Cantinho das Graças, que ficava próximo ao apartamento da irmã Goretti, para discutir sobre o que estava prestes a acontecer na cena local.

Chico Science imaginou criar um novo tipo de som, dos tambores somando o sou, rock, funk, rap, reggae, enfim... 

Fez com que os olhos do mundo se voltassem para Pernambuco, declamando em suas poesias o rio, as pontes e os homens caranguejos, o médico e cientista Josué de Castro relatava da riqueza natural que era o manguezal, e da miséria que as populações ribeirinhas passavam no seu cotidiano, a fome e o abandono da sociedade.

Surgiu o primeiro cd, da banda de Chico Science e Nação Zumbi isso aconteceu por volta de 1993, depois de muitos shows e turnês pelos EUA, Bélgica, Suíça, Alemanha, Holanda, Flórida que em breve a CSNZ, estariam dividindo o palco com Gilberto Gil, no Sammer Stage Festival no Central Park, para milhares de pessoas, pois a critica do maior jornal em circulação no ocidente o The New York Time, dizia que no Brasil na cidade de Recife viraria um novo celeiro cultural, devido à fusão frenética de todos os ritmos.

Já com toda bagagem do 1° disco os Mangueboys, já sabiam o que queriam, produtores que estivessem sintonizados na mesma freqüência da antena parabólica deles em meados de 1996, o movimento mangue não precisaria provar mas nada. Fez surgir na cena local dezenas de grupos, não apenas na região metropolitana do Recife, mais em todo estado de Pernambuco várias bandas contratadas por diversas gravadoras como a Sony Music, Banguela, e Virgin.

O grupo voltou para o Brasil já com outra turnê engatilhada, tudo indicava para o sucesso de Chico Science&Nação Zumbi repetiriam o mesmo sucesso dos Mineiros do Sepultura como astros Internacionais.

Em 1996, aconteceu a segunda e derradeira turnê da N. Zumbi com Chico Science, na Europa, foram treze dias de turnê por sete países, seis deles acompanhados dos Paralamas do Sucesso. Os pernambucanos participaram na Áustria de um dos principais festivais de verão europeu o Forest Glade , figurando ao lado de nomes famosos da cena Pop mundial como The Pogues, Terrovision.

Chico jantou e saiu por volta das 19:00h, meia hora depois ligaram para família dele e informaram que o carro Fiat Uno em que viajava colidira-se com um poste, entre Recife/Olinda por ironia do destino próximo a um manguezal, no memorial Arcoverde, onde morrera, minutos depois, os peritos examinaram o veiculo e constataram defeito no cinto de segurança, provocando a morte quase que instantânea, levando ao desespero de parentes, amigos, e fãs do CSNZ.

O corpo de Chico Science foi velado no Centro de Convenções, e enterrado no Cemitério de Santo Amaro, onde muitos parentes e amigos se aglomeravam para darem o seu último adeus ao criador do movimento Manguebeat. 

O governo por sua vez decretou luto oficial de três dias, Chico faleceu aos 30 anos e deixou uma filha de 4 anos, chamada Louise.








quarta-feira, 6 de março de 2013

O Poeta das Ruas!


                                 

Dia 06 de março de 2013, foi encontrado morto aos 42 anos em seu apartamento no Bairro de Pinheiros em São Paulo, o Poeta das Ruas, Alexandre Magno Abrão, o popular Chorão, vocalista da Banda de Rock "Charlie Brown Jr".

Realmente um dia de Luto para o cenário musical nacional, pois pegou todos de surpresa, fato lamentável.

Agora no próximo dia 09 de abril, ele completaria 43 anos de idade, nascido na cidade de São Paulo em 1970, mudou-se aos 17 anos para a cidade de Santos.
Aos 11 anos seus pais se separaram, e Chorão teve uma infância traumática, e complicada. Sua mãe quase morreu quando ele tinha 14 anos de derrame.

Ela era doméstica, fazia pastéis, e ele vendia na rua. Estudou até a sétima série, vivia nas ruas, e também teve problemas com a polícia na ocasião.
O apelido Chorão ele ganhou dos amigos quando começou a andar de skate, inclusive, foi vice-campeão paulista de Skate.


Ao lado do baixista Champignon foi vocalista de uma banda chamada Wats Up, mas não vingou, depois formaram o Charlie Brown Jr.

Em 1993 nasceu o primeiro álbum da Banda "Transpiração Contínua Prolongada".



De lá pra cá muitos sucessos, muita luta, muita estrada.

Mas infelizmente o Chorão estava vivendo um momento conturbado em sua vida, em uma depressão profunda, e de forma trágica, foi encontrado morto em seu apartamento na madrugada deste dia 06 de março.
Chorão deixou um filho de 23 anos de idade.

Fica a lembrança, a saudade, mas a obra será imortal.

Homenagem do Blog "Refrão na Rede".

                                         


sexta-feira, 1 de março de 2013

John Lennon!







Galera...postei sobre George Harrison, e agora a homenagem é para o John Lennon!

Lennon nasceu em Liverpool, Inglaterra no dia 09 de outubro de 1940.

Na adolescência, liderou a banda The Quarrymen, que pouco tempo depois, seria integrada também por Paul McCartney, seu parceiro em inúmeras canções com os Beatles.

De 1962 a 1970, John Lennon viveu o sucesso da beatlemania pelo mundo inteiro, revolucionando costumes e compondo junto com Paul McCartney músicas que sempre figuravam entre as 5 canções e álbuns mais vendidos da década de sessenta.

Em 1966, John Lennon conheceu a artista plástica japonesa Yoko Ono, na época que era casado com Cynthia Powell. Lennon casou-se com Yoko em 1969 e aproveitando-se da ocasião, fizeram uma campanha a favor da paz, ficando um mês na cama. O evento foi intitulado de Bed-in e serviu de mote contra a guerra do Vietnã.

Com o fim dos Beatles, em 1970, Lennon já tinha causado polêmica com o álbum "Two Virgins", cuja capa, aparecia ele e Yoko nus. Nos anos 70, o casal participou de movimentos e campanha contra a guerra do Vietnã e se juntou a ativistas como Jerry Rubin, Abbie Hofmann e Angela Davis, o que lhe causou sérios problemas com o governo americano.


Após um período de separação com Yoko, Lennon reconciliou-se com ela, e conseguiu o visto de permanência nos EUA.

O ex-beatle teve dois filhos. O mais velho, Julian, nasceu em Liverpool, como o pai, no dia 8 de abril de 1963. É fruto do casamento com Cynthia Powell. O caçula Sean é nova-iorquino e nasceu dia 9 de outubro de 1975, mesmo dia que John nasceu, do casamento com a artista plástica japonesa Yoko Ono.


Depois de 5 anos de reclusão, voltou a lançar um álbum, o “Double Fantasy”, em 1980.


Algumas canções, tanto com os Beatles como as compostas em carreira solo, levam a sua marca pessoal: “Help”, “In My Life”, “Strawberry Fields Forever”, “Across the Universe”, “Come Together”, “Give Peace a Chance”, “Instant Karma”, "Mother, “Imagine”, “Happy Xmas” “Mind Games” e “Woman”.

Porém, no dia 08 de dezembro, Lennon foi brutalmente assassinado em frente ao seu prédio por um fã maluco, Mark David Chapman, causando a maior comoção da história do pop-rock, ele retornava de um estúdio de gravação junto com sua mulher.


Acabava ali um grande sonho, pois ele lutava pela Paz no Planeta, sim era um grande formador de opinião, e poderia influenciar uma multidão.

Abaixo o link da belíssima canção "Imagine".

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=M1NIXgjNXDk