I Love It Loud

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Amy Winehouse!

          

Amy Jade Winehouse, mais conhecida como Amy Winehouse, nasceu em 14 de setembro de 1983 em Londres e se tornou uma cantora internacionalmente famosa pela sua voz extraordinária.

Desde pequena já mostrava grande aptidão para a música, mas só em 2003 Amy Winehouse se lançou como cantora no mundo artístico com a música “Stronger than me” que foi feita para promover o seu primeiro álbum intitulado “Frank”, lançado em 20 de outubro de 2003, desde então...Amy emplacou um sucesso atrás do outro.

 Amy Winehouse Frank [Vinyl] Album Cover

Em janeiro de 2004 Amy Winehouse lançou o seu segundo single, “Take the box”, que assim como “Stronger than me” alcançou ótimas posições nas paradas de sucesso.

Depois de alguns altos e baixos em sua carreira, Amy lançou em 2006 seu segundo álbum, intitulado “Back to Black”, que diga-se de passagem dominou as paradas de sucesso da Billboard 200 e da UK Albums Chart.

Esse segundo álbum da Amy Winehouse rendeu a cantora alguns hits de sucesso, como “Back to Black”, ”Tears Dry on Their Own”, You Know I’m No Good” e o maior sucesso da sua carreira, “Rehab”.

Resultado de imagem para back to black amy

Em 2007 Amy Winehouse se casou com Blake Fielder-Civil (usuário de drogas assumido) e foi a partir daí que sua carreira foi indo de mal a pior, pois a cantora também começou a se envolver com drogas e escândalos policiais, tanto por causa das drogas, alcoolismo ou agressões.

Em 2009 Amy se separou de Blake e começou um romance com Reg Traviss.

Em 2010 Amy Winehouse foi internada em uma clinica de reabilitação, o que a fez ser obrigada a deixar a música de lado e cuidar do seu problema, um esforço em vão.



No dia 23 de junho de 2011 Amy Winehouse foi encontrada morta aos 27 anos de idade em seu apartamento em Londres, Inglaterra. 

A causa da morte foi em decorrência de uma Overdose.

Após a morte de Amy, "Back to Black"tornou-se o disco mais vendido do Reino Unido do Século 21.

Fica a Homenagem do Blog, e a tristeza de perder uma artista de grande talento por causa das Drogas!!!

                    

domingo, 18 de setembro de 2016

Sempre Tim!



Sebastião Rodrigues Maia nasceu no Rio de Janeiro RJ em 28 de Setembro de 1942.
Portanto, se estivesse vivo, completaria 74 anos de história!
Penúltimo de 19 irmãos, aos oito anos já compunha suas primeiras musicas.
Aos 14 anos, formou seu primeiro conjunto musical, Os Tijucanos do Ritmo, no qual tocava bateria, e que durou apenas um ano.

                      Resultado de imagem para tim maia tocando bateria

Começou a estudar violão num curso particular, e formou em 1957 o conjunto Os Sputniks, que tinha também entre seus integrantes Erasmo Carlos e Roberto Carlos, tendo sido professor de violão de ambos.

                        

Em 1959, antes de completar 17 anos, com a morte do pai, foi para os EUA, onde fez cursos de inglês e iniciou carreira como vocalista, participando de um conjunto chamado The Ideals.

Permaneceu nos EUA ate 1963, quando foi preso por portar maconha. Após seis meses de prisão e dois meses de espera, foi deportado para o Brasil.

Seu primeiro trabalho solo foi um compacto pela CBS em 1968, que trazia as musicas Meu pais e Sentimento (ambas de sua auto- ria, como todas as musicas sem indicação de autor).

 
Sua carreira no Brasil fortaleceu-se a partir de 1969, quando gravou um compacto simples pela Fermata com These are the Songs (regravada no ano seguinte por Elis Regina em duo com ele, e incluída no LP Em pleno verão, de Elis) e What You Want to Bet.

                          

Em 1970 gravou seu primeiro LP, Tim Maia, na Polygram, que permaneceu em primeiro lugar no Rio de Janeiro por 24 semanas.

Os principais sucessos desse disco foram Coronel Antônio Bento (Luís Wanderley e João do Vale),Primavera (Cassiano) e Azul da cor do mar.

Nos três anos seguintes, pela mesma gravadora, lançou os discos Tim Maia volume II (com Não quero dinheiro (Só quero amar)), Tim Maia volume III e Tim Maia volume IV, no qual se destacaram Gostava tanto de você (Edson Trindade) e Réu confesso.

Em 1975 gravou os LPs Tim Maia racional vol. 1 e vol. 2.
Em 1978 gravou para a Warner Tim Maia Disco Club, com um de seus maiores sucessos, Sossego.

                           book5-3

Lançou em 1983 o LP Descobridor dos sete mares, com destaque para a música-titulo e Me de motivo (Sullivan e Massadas).

Outro disco importante da década de 1980 foi Tim Maia (1986), que trazia Do Leme ao Pontal.
Artista com histórico de problemas com as gravadoras, na década de 1970 fundou seu próprio selo, primeiramente Seroma e depois Vitória Regia.

Por ele, lançou em 1990 Tim Maia interpreta clássicos da bossa nova, e mais tarde Voltou a clarear e Nova era glacial.

Em 1993, dois acontecimentos deram mais um gás sua carreira: a citação feita por Jorge Ben Jor em sua musica W/Brasil e uma regravação que fez de Como uma onda (Lulu Santos e Nelson Mota) para um comercial de televisão, de grande sucesso e incluída no CD Tim Maia, do mesmo ano.

Assim, aumentou muito sua produtividade nesta década, gravando mais de um disco por ano com grande versatilidade: seu repertório passou a abranger bossa nova, canções românticas, funks esouls. 

Também teve muitas de suas musicas regravadas por artistas jovens, como Paralamas do Sucesso, Marisa Monte e Skank.

Em 1996 lançou dois CDs ao mesmo tempo: Amigo do rei, juntamente com Os Cariocas, e What a Wonderful World, com recriações de standards do soul e do pop norte-americanos dos anos de 1950 a 1970. 
Em 1997 lançou mais três CDs, perfazendo 32 discos em 28 anos de carreira.

Durante a gravação de um show para a TV sentiu-se mal, vindo a falecer em 15 de Março de 1998 em Niterói, após internação hospitalar em razão de infecção generalizada.

                   
Em vida

Póstumos

Álbuns ao vivo

Em vida

Póstumos



Compactos Simples

  • 1968 - Meu País / Sentimento
  • 1969 - These Are the Songs / What Do You Want to Bet
  • 1970 - Jurema / Primavera (Vai Chuva)
  • 1971 - Chocolate / Paz
  • 1976 - Ela Partiu / Meus Inimigos
  • 1978 - Sossego / A Fim de Voltar
  • 1978 - Acenda o Farol / Vitória Régia Estou contigo e não Abro
  • 1980 - Nosso Adeus / Tudo Vai Mudar
  • 1981 - Vê se Decide / Você É a Estrela do meu Show
  • 1982 - Amiga / Do Leme ao Pontal
  • 1983 - Vale Tudo / Quero Ver Você Dançar
  • 1984 - Bons Momentos / Bons Momentos
  • 1984 - Sufocante / Sufocante
  • 1984 - Leva / Leva
  • 1985 - Bem-Vinda / Bem-Vinda
  • 1986 - Uma Estrela a Mais / Uma Estrela a Mais
  • 1986 - Telefone / Telefone
  • 1986 - Pudera / Do Leme ao Pontal
  • 1987 - Onde Está Você / Onde Está Você
  • 1987 - Vê se Decide / Brilho
  • 1988 - Carinhos / Carinhos
  • 1988 - Amigo Verdadeiro / Somos América
  • 1989 - Rodesia (Zimbabwe) / Acenda o Farol

Duplos

  • 1970 - Azul da Cor do MarCoroné Antonio BentoRisos, e Primavera (Vai Chuva)
  • 1972 - VocêNão Quero Dinheiro (Só Quero Amar)A Festa do Santo Reis e Salve Nossa Senhora
  • 1973 - Réu ConfessoDo Your Thing Behave YourselfGostava Tanto de Você e Compadre
  • 1976 - Brasil RacionalDo Nada ao TudoMinha Felicidade Racional e O Grão Mestre Varonil
  • 1979 - Lábios de MelVou com GásReencontro e Foi para o seu Bem
  • 1984 - Me Dê MotivoOlá (Emoções)Neves e Parques e O Descobridor dos Sete Mares
  • 1993 - Não Quero Dinheiro

Coletâneas

Participações



quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Freddie Mercury!



Resultado de imagem para freddie mercury
                             
Freddie Mercury, nome artístico de Farrokh Bommi Bulsara, (Zanzibar, 5 de Setembro de 1946 — Londres, 24 de novembro de 1991 foi o vocalista e líder da banda de rock britânica Queen.

Ele é considerado pelos críticos como um dos melhores artistas de sempre e com uma das vozes mais conhecidas do mundo, e numa recente pesquisa realizada com vários músicos conhecidos, ele foi eleito, o melhor cantor de rock de todos os tempos.

Freddie Mercury nasceu na localidade de Stone Town, na ilha Zanzibar, à época colônia britânica, hoje pertencente à Tanzânia, na África Oriental.
Seus pais, Bomi Bulsara e Jer Bulsara, eram indianos de etnia persa.

Mercury foi educado na St. Peter Boarding School, uma escola inglesa perto de Mumbai, na Índia, onde deu seus primeiros passos no âmbito da canção, ao ter aulas de piano.
Foi na escola que ele começou a ser chamado “Freddie” e, com o tempo até os seus pais passaram a chamá-lo assim.



Depois de se formar em sua terra natal, Mercury e família mudaram-se em 1964 para a Inglaterra devido a uma revolução iniciada em Zanzibar.

Ele tinha dezoito anos. Lá diplomou-se em “Design Gráfico e Artístico” na Ealing Art College, seguindo os passos de Pete Townshend.
Este conhecimento foi de extrema utilidade para Freddie projetar o famoso símbolo da banda.

Algo que poucos fãs sabem é que na escola de artes em que se bacharelou, Freddie era conhecido como um aluno exemplar e muito quieto.
Tinha uma personalidade bastante introspectiva. Concluiu os exames finais do curso com conceito A. Possui uma série de trabalhos em arte visual.

Na faculdade ele conheceu o baixista Tim Staffell. Tim tinha uma banda na faculdade chamada Smile, que tinha Brian May como guitarrista e Roger Taylor como baterista, e levou Freddie para participar dos ensaios.

Em abril de 1970, Tim deixa o grupo e Freddie acaba ficando como vocalista da banda que passa a se chamar Queen.

Freddie decide mudar o seu nome para Mercury. Ainda em 1970 ele conheceu Mary Austin, com quem viveu por cinco anos.
Foi com ela que assumiu sua opção sexual,e mantiveram forte amizade até o fim de sua vida.



Mercury compôs muitos dos sucessos da banda, como “Bohemian Rhapsody”, “Somebody to Love”, e “We Are the Champions”.

Lançou dois discos solo, aclamados pela crítica e público.

Em 1991 surgiam rumores que Mercury estava com AIDS,que se confirmaram em uma declaração feita por si mesmo em 23 de novembro um dia antes de morrer,vindo a falecer na noite de 24 de novembro de 1991 em sua própria casa.



Em 25 de novembro de 1992 foi inaugurada uma estátua em sua homenagem, com a presença de Brian May, Roger Taylor, da cantora Montserrat Caballé, Jer e Bomi Bulsara (pais de Freddie) e Kashmira Bulsara (irmã de Freddie) em Montreux, na Suíça, cidade adotada por Freddie como seu segundo lar.

Os membros remanescentes do Queen fundaram uma associação de caridade em seu nome, a “The Mercury Phoenix Trust”, e organizaram em 20 de abril de 1992, no Wembley Stadium, o concerto beneficente “The Freddie Mercury Tribute Concert” para homenagear o trabalho e a vida de Freddie.

O cantor também foi conhecido pelo pseudônimo de Larry Lurex e pelo apelido Mr. Bad Guy.

Discografia Solo

    * Mr. Bad Guy (1985)
* Barcelona (álbum) (1988) (com Montserrat Caballé)
* The Freddie Mercury Album (versão americana) (1992)
* The Great Pretender (versão européia) (1992)

Curiosidades

* Freddie Mercury por toda sua vida nunca soube dirigir qualquer automóvel.

* Mercury era bissexual e era constantemente visto em companhia de homens e/ou mulheres.

* Seu maior sonho era cantar ao lado de Montserrat Caballé. Realizou o sonho em 1988, com o álbum Barcelona.


                    Resultado de imagem para freddie mercury